Meu Perfil
BRASIL, Nordeste, SALVADOR, DOIS DE JULHO, Homem, de 36 a 45 anos, Arte e cultura, Música, Livros



Histórico


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 Arca da Arte
 Pinacoteca Básica
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis


 
 
Observatório da Arte


PRIMEIRA MISSA NO BRASIL (1861), Victor Meirelles

"Primeira Missa no Brasil"(1861), Victor Meirelles. Óleo sobre tela, 268 X 356 cm. Museu Nacional de Belas Artes, Rio de Janeiro

O pintor catarinense, Victor Meirelles (1832-1903), foi um dos mais importantes artistas da pintura acadêmica brasileira, cujo auge, foi a segunda metade do século XIX.

Natural da cidade de Desterro (atual Florianópolis), Meirelles foi um aluno brilhante da Academia Imperial de Belas Artes, do Rio de Janeiro. Tal brilhantismo, rendeu como prêmio ao jovem aluno, em 1853, uma viagem a Paris, onde iria aperfeiçoar a sua pintura e ter contato de perto com a arte neoclássica francesa, que era a grande referência artística para o mundo ocidental, incluindo aí o Brasil. .

Meirelles permaneceu na capital francesa por oito anos, mas também chegou a visitar outras cidades européias como Havre, na França, Roma e Veneza, na Itália. Mesmo morando em Paris, Meirelles mantinha contato com amigos do Brasil. Por sugestão de seu antigo professor da academia, Manuel de Araújo Porto Alegre, Meirelles pintou em 1861, a “Primeira Missa no Brasil.

Ainda em 1861, a tela foi selecionada para a exposição no Salão da Academia de Paris, onde foi exposta. Victor Meirelles foi o primeiro brasileiro a expor naquele tradicional salão de artes. As grandes dimensões e a riqueza de detalhes, causaram um grande impacto no público presente, e a exposição da pintura foi um grande sucesso. Com o êxito da obra na Europa, o artista foi agraciado com a Imperial Ordem da Rosa, concedida pelo Império Brasileiro. Em 1876, a tela foi uma das escolhidas para representar o Brasil na Exposição Universal da Filadélfia, Estados Unidos.

Considerada como a grande obra-prima da carreira de Victor Meirelles, “Primeira Missa no Brasil” faz parte de uma época em que o país buscava firmar-se como uma jovem nação independente perante o mundo. Para tanto, o Império Brasileiro, sobretudo, na gestão do imperador Dom Pedro II, procurou incentivar as artes e as ciências, numa tentativa de tornar o país mais desenvolvido culturalmente, ainda que naquele momento fosse sustentado pela mão de obra escrava.




Escrito por Sidney Falcao às 11h05
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]